Copyright 2019 - Equipe EESC USP Baja SAE | Todos os direitos reservados

Nacional 2018

  A 24ª edição da Competição Baja SAE- Brasil - Petrobras aconteceu entre os dias 22 e 25 de fevereiro de 2018, mais uma vez na FATEC, em São José dos Campos e contou com um total de 84 equipes participantes. A Equipe EESC USP Baja SAE, seguiu uma estratégia diferente dos outros anos e focou todos os esforços e recursos em um único carro e equipe, se inscrevendo como EESC USP #7.

  Alguns meses antes da competição, ocorreu a entrega do Relatório de Projeto, prova que avalia documento escrito com as considerações de engenharia e os processos utilizados no desenvolvimento dos subsistemas do carro. Sofremos uma penalidade por atraso na entrega e alcançamos o 11º lugar.

2º dia 

  Voltado apenas para as Apresentações de projeto, neste dia os membros apresentaram para juízes todo processo de projeto, construção e validação do protótipo e da equipe, em que são avaliadas as áreas: Cálculo Estrutural, Suspensão e Direção, Design e Ergonomia, Elétrica, Vendas e Marketing, Freios, Gestão da Equipe e Powertrain.

  As 8 equipes melhores classificadas nesta prova têm o direito de participar das finais de projeto onde têm mais tempo para apresentar o projeto e podem ganhar pontuação extra.

   Tivemos uma grande melhora em relação aos anos anteriores, com destaque para Vendas e Marketing. Nos classificamos em 9º lugar na prova, uma posição abaixo do necessário para as finais de projeto.

1º dia 

  Dia dedicado à Inspeção de Segurança Estática e Dinâmica, em que verifica-se se os veículos estão aptos a participar das Provas Dinâmicas. Neste dia também ocorre a prova de Avaliação Dinâmica em que são analisados: conforto, dinâmica do veículos, ergonomia, entre outros fatores.

  A Equipe foi uma das 10  que não sofreu penalização relacionada à inspeção de segurança e documentação do carro. Não tivemos problemas na inspeção dinâmica do carro.

  Na prova de conforto, conseguimos um melhor resultado em relação aos anos anteriores com apenas 2,8 pontos de diferença do primeiro lugar, nos classificamos em 13º lugar na prova.

3º dia 

4º dia 

 No último dia ocorre a prova com maior possibilidade de pontuação, o Enduro de 4 horas.

  Entramos na prova em 2º lugar geral. Durante o enduro tivemos alguns problemas com superaquecimento da CVT, freio e suporte de direção que foram rapidamente resolvidos.

   Após um enduro acirrado, conquistamos o 2º lugar na prova, mas com o mesmo número de voltas do primeiro colocado na prova, além da volta mais rápida.

   Com 5 voltas no enduro e 10 pontos acima do segundo colocado geral, conquistamos o troféu de campeão da Competição Baja SAE Brasil  de 2018, nosso 7º título nacional!

  Também conquistamos o direito de representar o Brasil na Competição Mundial Baja Kansas!

 Terminadas as provas estáticas, no terceiro dia de competição ocorreram as provas dinâmicas! As provas aconteceram em um circuito fechado, em que não é possível realizar nenhum ajuste ou manutenção do carro até o fim das provas. Em todas as provas do circuito tem-se o direito de realizar duas passagens onde a melhor é levada em conta para a pontuação. O carro passa pelas provas de Aceleração, Velocidade, Tração, Lama, Manobrabilidade e Suspensão. Conquistamos os seguintes resultados:

  • Aceleração: 1º lugar

  • Velocidade: 1º lugar

  • Tração: 15º lugar

  • Lama:  24º lugar

  • Manobrabilidade: 2º lugar

  • Suspensão: 1º lugar